segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

O dia do casamento - Último Capítulo


-Mas Apolo, entenda que foi um momento de fraqueza, eu não queria...
-Queria sim. Se não quisesse não teria procurado Pietro.
-Ok, eu vou te entender Apolo, não sei se no seu lugar eu perdoaria.

Luiza diz com frieza

-Para onde você vai agora?
-Quem vai é você. Eu não vou sair da minha casa, quem quer se separar é você, saia então.
-Isso não está certo, Luiza, quem comprou esta casa fui eu, com meu dinheiro.
-Vai jogar na cara agora? Antes era nossa, agora é sua?
-Eu não vou deixar esse apartamento pra você Luiza, fique certa disto.
-Tudo bem.

Apolo sai, e vai para a casa da mãe, que diz ter avisado sobre o caráter de Luiza.
No dia seguinte Luiza acorda, e realmente se da conta do que aconteceu. Apolo foi embora, e desta vez era pra sempre.

-Sophia?
-Quem é?
-Sou eu, a Luiza.
-Ah, estava dormindo. O que aconteceu?
-Apolo foi embora, ele descobriu sobre o dia que fui à casa de Pietro, ele foi embora de casa, mas disse que não vai deixar o apartamento comigo, eu não sei o que faço, não sei se teria coragem para voltar para casa de meus pais.
-Que barra hein amiga, mas isso serve como uma lição, e mostra o quão certa é aquele dizer popular ‘quem avisa amigo é’.
-Sophia agora não é hora para sermão.
-Eu sei, mas não seria eu se perdesse essa oportunidade.
-Soh, vou a sua casa agora.
-Agora?
-É!
-Ta bom.

Luiza então saiu de casa, certa de que ia à casa de Sophia. Quando chegou perto da casa de Pietro, não resistiu.

-Pietrooo.-Luiza? Depois de tanto tempo resolveste aparecer?
-Precisamos conversar.

Luiza entrou e contou a Pietro tudo que havia acontecido, e chegou até a dizer para ele, que:

-Pietro, esta é a ultima oportunidade de ficarmos juntos.
-Estou de viajem marcada para os Estados Unidos.
-O que?
-É, ganhei uma bolsa para fazer faculdade, está na hora de fazer o que eu ainda não fiz, de me dedicar ao que não me dediquei, está na hora de correr atrás do tempo perdido.
-E eu Pietro, e nós?
-‘Nós’... Não existe faz tempo. Você? Você eu não sei, passei muito tempo te procurando, me dedicando, tentando que nosso amor desse certo para que um dia eu e você fossemos um só. Infelizmente não deu certo. Agora é hora de cuidar de mim.
-Desistiu fácil Pietro.
-Não quanto você.
-É, acho que acabou mesmo, não tem mais o que fazer, nem pra onde correr. O nosso fim é esse. -E Lembre-se, que quem procurou por isso fomos nós mesmos.
-Tchau Pietro. Até Logo.
-Adeus Luiza.

E este foi o triste fim de Luiza, que passou a vida inteira enganando a si mesma, procurando Pietro em Apolo, fingindo estar feliz.

14 comentários:

Amandinha disse...

Bom se foi vc que escreveu Parabéns, escreve bem, se não foi, o texto é muito bom ;)

beijo beijo
http://amandaml.blogspot.com/

Fern disse...

Triste esse fim hein!, será que não iremos ver um final alternativo, ou quem sabe, a segunda parte dessa historia? gosto de finais felizes, mas esse até que foi interessante...


_____
http://pendriveblog.wordpress.com

Fabio Thiago disse...

triste fim msm, mais nem tudo na vida acontece como queremos!
muito bom é de sua autoria esses textos se for assina, se não a gelara fica curiosa como eu estou, muito bom msm!

vlw pelo comentario lá no blog ! em breve post novo

bjs

Bruno R.Ramos disse...

Boa trama. Escreve bem crônicas cotidianas. Deveria tentar publicá-las em antologias. Tenho um projeto denomminado "Nova coletânea" que publicará um livro de crônicas e contos para viagem. Se interessar. Envie-me um e-mail: brunoteenager@gmail.com

Jaquielio disse...

BOm texto, apesar de não ter ficado um pouco perdido lendo o mesmo.

wallis disse...

Se Liga!!! Não acredito nisso, Quer dizer que é assim que acaba! Nossa apesar de meio triste o final faz todo sentido, pelo menos o Pietro fez a coisa certa o amor realmente acaba depois de um tempo, Apolo vai poder viver uma vida normal acabou aquele amor fingido para ele, e Luiza teve o seu fim triste.

Nossa Gra, Parabéns vc é muito criativa, e escreve super bem!
O Texto ficou ótimo parabéns!!!
Beijos!!!

Rafael Iglesias disse...

Você tem futuro... O texto é bom...

Kazejin disse...

excelente blog e otimo post

Dário Souza disse...

Me senti telespectador que so ve novela no ultimo capitulo,apesar de nao ter visto os anteriores adorei seu trabalho

TIAGÃO disse...

belo texto, parabéns, faz continuação!

Jééh disse...

nossa triste :(parabéns ficou lindo !

Hugo Henrique disse...

Adoro blog-novela!
Sempre quis escrever um!

Vai começar outra história?

;*

Vi ,) disse...

Talvez já nem se lembre mais de mim, eu sumi por uns tempos e tal e agora nem to morando mais no Brasil.
Acontece que o que me deixou profundamente feliz, foi ver que já tenho o que ler nas férias.

:D
Beijinhos

Vi ,) disse...

Ainda nao posso comentar nada a respeito da novelinha, pq ainda to no quarto capitulo. hahah
:D

eu to morando na Espanha, há quatro meses já... Mas nao vejo a hora de voltar.
Beijinhos-