domingo, 4 de outubro de 2009

Sobre nós.


Hoje eu escrevo sobre mim, sobre você, sobre nós. Hoje eu escrevo para lembrar e não para esquecer. Hoje eu estou aqui, escrevendo, simplesmente porque você existe e porque me fez feliz. Porque lembro dos momentos felizes que tivemos, e me torturo, me perguntando onde está o pra sempre que costumávamos dizer? Onde está o sentimento que eu nunca achei que fosse morrer? Sinto falta do tempo que acreditei que meu amor por ti seria eterno, sinto falta de te procurar e não encontrar. Dói pensar nos dias de sorrisos, nos dias de lágrimas. Dói em mim, como dói em você, eu sinto tanto ou mais que você, mas eu não sinto por não  amar, eu sinto, por não sofrer.

(Imagem: Texto de Jonathan Baptista.)

Um comentário:

30 e poucos anos. disse...

Viver em função de outra pessoa não é o ideal ... temos que deixar alguns sentimentos de lado e tocar a vida adiante pois o lema do universo é EVOLUIR