sábado, 10 de novembro de 2007

...


Cantando pra disfarçar a tristeza? Não, não... Hoje eu só quero é chorar, não quero e nem preciso disfarçar nada. Hoje não quero ninguém comigo, pois sei que ninguém me quer com eles...Confesso que há algum tempo não me vejo mais como uma idiota, pois sei que não sou... Uma idiota eu sei que não sou, mas o que sou? Venho sentindo a algum tempo também, um medo... Não medo de me magoar, mas um medo de perder. Medo idiota? Sim meu medo é idiota sim, confesso! Afinal não devia temer do que é tão normal...O que é tão normal? Normal, perder uma pessoa que você tanto ama... Sim completamente normal, acontece com todos, comigo não seria diferente, ou seria? Não, definitivamente não seria!
Talvez eu esteja errada, em fantasiar, em temer, em pedir, em gritar, em chorar... Talvez eu seja errada! Não sei... Mas afinal o que é errado? Querer algo é errado? Ainda tenho muita duvida, em relação ao que é certo e o que é errado. Às vezes penso em deixar pra lá, mas sempre vem algo dizendo que devo continuar... Futuramente o que vou ganhar com isso? Nada, sim nada mesmo... Mas por enquanto eu ganho, ganho a felicidade momentânea. Que muitas vezes pra mim basta!
Faça-me uma surpresa hoje, ou qualquer outro dia, apareça sem que eu saiba, e sorria pra mim como se nada tivesse acontecido... Isso me deixaria feliz... Mas e desde quando minha felicidade importa para alguém? Talvez algum dia alguém já tenha se importado com ela, hoje não mais!

Um comentário:

Zaah disse...

Nunca pense que não se importam com você.
Você é muito importante para muitas pessoas, e você sabe que é. mesmo que algo dentro de ti diga que não, você sabe que é. Nunca deixa que te convensão que você não é, porque você é. E muito.