terça-feira, 13 de maio de 2008

A Briga de todas as manhãs.


Começa cedo, por volta de 00:00h, liga, desliga sozinho, liga de novo, cai de um lado, cai do outro (ai meu Deus, estou quase desistindo), coloca, cai dos dois lados, enfim consigo... Ai o sono bate e durmo. Acordo ele já não está mais lá, sabe Deus onde está, faço o que tenho que fazer e procuro-o, achei! Coloco-o em algum canto, e não esqueço, nunca esqueço. Nossa briga começa novamente, liga, desliga (sozinho) coloca de um lado cai do outro, coloca de novo, cai novamente, a assim vou o caminho inteiro, brigando, brigando, tentando... Oh consegui! Ai já está na hora de fazer outra coisa, e então o deixo de lado, para mais tarde começar a minha briga novamente.

Um comentário:

Vi ,) disse...

Tinha um certo tempo que não vinha por aqui, adorei o texto apesar de não ter a menor idéia do que seja o protagonista dessa briga de todas as manhãs.
Grande beijo.
.)