domingo, 1 de junho de 2008

O dia do casamento. Capítulo III


Faltava apenas uma hora para o casamento, quanto mais o tempo passava, mais nervosos ficavam... A mãe de Apolo continuava a encher a cabeça de seu filho, “Meu filho, tem certeza do que está fazendo? Não quer desistir? A mãe te dá todo apoio!” Nem faltando minutos para o casamento a velha desistia de fazer com que seu filho não casasse. Do lado de Luiza, Sophia continuava a falar, “Tem certeza do que está a ponto de fazer? É melhor você desistir, você e Pietro se amam, vá atrás dele” insistia nisso, mas Luiza estava realmente decidida, casar-se-ia com Apolo, mesmo sabendo que poderia arrepender-se profundamente. E de um outro lado, estava Pietro, chorando... Sim chorando! A pouco veria sua amada se entregar totalmente aos braços de outro e não poderia fazer nada. Aliás, poder... Podia, mas não tinha coragem suficiente para isto! Sophia, já havia preparado tudo! Jamais deixaria duas pessoas que se amam longe. Talvez estivesse cometendo um grande erro em intrometer-se na vida da amiga, talvez não! Mas sabia do que pretendia fazer, e ia fazer sem medo algum.

2 comentários:

Vi ,) disse...

Putz tu não tens noção do quanto eu to gostando dessa tua ficçãozinha na qual com certeza muitas pessoas se encaixam e se identificam com os personagens.
Pô, gostei mesmo.

Desculpa pelo sumiço, tava estudando demais e coisa e tal.
Quanto ao post, eu já superei, ou pelo menos eu finjo que sim.

Ah, no final desse mês eu vou a São Paulo com meu pai, pra acompanha-lo numa sessão de quimioterapia e tal, tu mora onde mesmo?

Beijo. :)

wallis disse...

Oeu aqui de novo! SHuusuhsu
Nossa que história menina!
Você tem telento, sério mesmo estou ansioso pra ver oque essa "amiga" vai aprontar! :D